Blog

Postado em 8 de fevereiro de 2024

São José: um amigo para viver a quaresma

São José: um amigo para viver a quaresma

Vivenciar o tempo da quaresma na companhia de São José é ter a certeza de crescer na fé e fazer a vontade de Deus.

A verdade é que na Quaresma muitos de nós enfrentamos dificuldades para buscar uma vida de conversão autêntica e que seja frutuosa.

Somente a escuta da voz de Deus, que deseja nos revelar a Sua vontade, é capaz de nos tirar dos abismos de pecados em que nos encontramos.

Poucos sabem, mas a vida de São José e cada atitude desse grande Santo de nossa Igreja traz para nossa vida e vivência cristã um verdadeiro itinerário para a conversão.

Sendo a quaresma um período em que precisamos nos decidir ainda mais por fazer a vontade de Deus, São José é para nós um modelo a ser seguido. Dessa maneira, esse grande intercessor e patrono de nossa Igreja deseja nos auxiliar neste tempo favorável onde Deus deseja salvar as nossas vidas.

Descubra neste texto como a amizade com São José nos faz viver bem o tempo da Quaresma. Continue lendo!

A humildade de São José nos conduz a salvação

Sem dúvidas, uma das coisas que mais atrapalha o nosso caminho de conversão durante a quaresma é a falta de humildade. Porém, ao termos São José ao nosso lado, atravessaremos com docilidade este deserto que nos prepara para a Páscoa do Senhor.

São José será sempre em nossas vidas modelo de como nos abandonarmos nas mãos do Senhor. O abandono é fruto da humildade. E, sendo a quaresma um tempo de deserto, temos a possibilidade de desistirmos ao longo do caminho ou de simplesmente nos perdermos.

É preciso reconhecer que necessitamos de um amigo que nos encoraje a seguir em frente mesmo diante de nossas limitações. Pois bem, esse amigo é São José.

Foi pela via da humildade que São José cumpriu perfeitamente o plano de Deus em sua vida, na vida da Sagrada Família e em toda a humanidade.

O Evangelho de Mateus vai narrar o que Deus revelou a São José: “Levanta-te, toma o menino e sua mãe e foge para o Egito; fica lá até que eu te avise, porque Herodes vai procurar o menino para o matar” (2, 13).

Certamente não foi fácil e nem cômodo para São José adentrar por outros caminhos para cumprir a vontade de Deus, mas ele sabia que esse era o caminho que o levaria à salvação.

Dessa forma, também nós, precisamos deixar de lado caminhos que nos afastam da salvação.

Portanto, durante a quaresma, tenhamos São José como amigo e deixemos que ele nos ensine a importância de sermos humildes. Reconheçamos que a vontade de Deus é o caminho que nos garante a salvação.

Sermos fiéis no tempo da quaresma

Sejamos bem sinceros: fazer penitência, jejuar, dar esmolas e buscar emendar-se de suas faltas não é fácil para ninguém.

No tempo quaresmal, somos chamados a essas práticas e, certamente, em um momento ou outro, necessitaremos de um forte auxílio para permanecermos firmes nesses propósitos. E como afirma o Vaticano News: “São José nos ensina uma virtude que o Papa Francisco pede muito neste tempo quaresmal: o silêncio”.

Uma das grandes lições de São José é a sua fidelidade frente às grandes dificuldades enfrentadas pela Sagrada Família durante a sua peregrinação nesta terra.

O evangelho vai nos mostrar um exemplo dessa fidelidade de São José mesmo em meio a tanta adversidade:Estando eles ali, completaram-se os dias dela. E deu à luz seu filho primogênito, e, envolvendo-o em faixas, reclinou-o num presépio; porque não havia lugar para eles na hospedaria.” (Lc 2,6-7)

Diante dessa realidade enfrentada por José e pela família sagrada, percebemos que em nenhum momento São José questionou o fato do filho de Deus nascer nessas condições. Em nenhum momento sua fé vacilou!

Mas permaneceu fiel ao sim que havia dado a Deus e, apesar das adversidades, sempre firme e confiante na Divina Providência.

Da mesma forma, somos chamados a enfrentar as adversidades que encontraremos neste tempo quaresmal e permanecermos fiéis ao nosso sim, independente das circunstâncias.

Tendo a São José como amigo teremos a garantia de que ele nos ajudará intercedendo por nossa fidelidade.

Deixemos que São José proteja o nosso coração

Uma das grandes missões de São José foi ser o guardião da Sagrada Família. O maior tesouro que essa terra já possuiu chama-se Jesus Cristo, e Este foi confiado à Virgem Maria e a São José.

Em todas as passagens reveladas pela Palavra de Deus sobre São José, percebemos o grande zelo que ele tinha por Nossa Senhora e por Jesus Cristo.

Sim, São José era o grande responsável em guardar, como um valiosíssimo tesouro, a vida de Jesus Cristo, enquanto estivesse sob seus cuidados.

Que grande mistério envolve a vida de São José ao ter o próprio Deus se colocado debaixo de sua proteção. Proteção esta que, diga-se de passagem, não era somente física, mas também espiritual, pois toda perseguição contra Jesus simbolizava a ira do demônio contra Deus.

Sendo assim, quando temos a São José como amigo temos também a certeza de termos o grande tesouro que é o nosso coração a salvo de todas as investidas do mal.

Durante o período da quaresma, não somente enfrentamos dificuldades físicas, mas também espirituais. Dessa forma, a amizade com São José manterá o nosso coração guardado contra a perseguição do mal.

Portanto, não exitemos em buscar tão valiosa amizade durante o tempo quaresmal. Preparemo-nos tendo ao nosso lado aquele que foi o Pai adotivo de Jesus e que agora o podemos ter como Pai espiritual e grande amigo.

Adquira aqui a novena de São José e aproveite o tempo da quaresma para meditar sobre seus méritos e suas virtudes na história da salvação.

 

Clique aqui para ter a Novena em Louvor a São José!

    Dúvidas? Clique aqui.